⛰ Por que impor limites à mineração?

Porque ela gera impactos socioambientais irreversíveis nos territórios, interrompe histórias e custa vidas. Porque quem sofre suas piores consequências costuma ter um mesmo CEP e perfis de raça, gênero e classe similares. Porque é uma atividade econômica que destrói e, constantemente, disputa recursos naturais (terra e água) com as comunidades que vivem próximas aos empreendimentos.

Por tudo isso dizemos não!

De 12 a 15 de agosto, em Muriaé – MG, acontece o “Seminário Diferentes Formas de Dizer Não: experiências de proibição, resistência e restrição à mineração”.

O evento vai reunir uma frente ampla de movimentos, organizações e coletivos de todo o Brasil para, a partir de experiências que deram certo, traçar estratégias que ponham fim à cadeia de injustiças que o extrativismo mineral impõe aos territórios país afora.

A Aliança estará presente no evento, logo mais enviaremos notícias!

Saiba mais em www.atingidospelavale.wordpress.com

#DiferentesFormasdeDizerNão

⛰ Por que impor limites à mineração?Porque ela gera impactos socioambientais irreversíveis nos territórios, interrompe…

Posted by Aliança em Prol da APA da Pedra Branca on Thursday, August 8, 2019